Desde sábado à noite uma Força-Tarefa da Prefeitura de Timbó vem trabalhando para amenizar os transtornos causados pelas enxurradas. Nessa segunda-feira os trabalhos se intensificaram. Vários bairros onde os alertas da comunidade foram registrados tiveram a presença de máquinas e homens da Secretaria de Obras.

Ao todo cinco frentes de trabalho foram montadas. Limpeza de bocas de lobo e de estradas, macadamização e patrolamento, corte de árvores, recolhimento de entulhos, melhoria de encostas e desobstrução de ruas.

Os problemas mais graves foram os alagamentos de residências, quedas de muro, desmoronamento de encostas e quedas de árvores. Foram registrados também interrupção do fornecimento de energia elétrica e obstrução de ruas.

De acordo com o prefeito Jorge Kruger, as famílias que foram atingidas de alguma forma pela enxurrada devem procurar a Defesa Civil, para registrar o fato. “A partir da Defesa Civil conseguimos dar um encaminhamento melhor aos pedidos de ajuda”. O prefeito disse ainda que o trabalho continua durante toda a semana até que todos os locais, com algum registro, sejam atendidos. “Nosso comitê de crise para essas catástrofes climáticas já está montado e estamos atentos 24h por dia”, lembrou o prefeito.

Registros da Defesa civil de Timbó dão conta que na noite dos dias 14 e 15 a cidade foi atingida por fortes chuvas, que alcançaram o volume de precipitação de 54mm na sexta e 70mm no sábado, ou seja, um total de 124mm de chuva em 24h, volume bem maior do que chove às vezes durante um mês inteiro.

Outro agravante, pontuou o chefe da Defesa Civil, Fábio Melere, foi o fato de ambas as precipitações terem acontecido em um curto espaço de tempo (45 minutos a 60 minutos), ocasionando vários pontos de alagamentos em vias públicas e em residências.

“Em conjunto com o setor de Obras e o Corpo de Bombeiros Militar de Timbó, trabalhamos de forma intensa para atender e auxiliar as ruas e famílias atingidas por esse fenômeno climático, que atingiu todos os bairros do município, com destaque para algumas localidades (ver relatório abaixo)”. Plantão da Defesa Civil de Timbó – 24h: (47) 9 9954-4686.

Registros da Defesa Civil:

Bairro Vila Germer

– Rua Alfredo Hansen – Escorregamento de solo e danos na pavimentação da rua;

– Rua Araranguá – Danos na pavimentação da rua;

– Rua Julius Henkels – Alagamento de residências;

– Rua Fraiburgo – Queda de muro;

– Rua Quintino Bocaiuva – Queda de arvore em residência e alagamento em via pública;

– Rua Irma Gustmann – Alagamento de residências;

Bairro Araponguinhas

– Rua Bruno Reinecke – Alagamento de via pública;

– Rua Carajás – Alagamento em via pública;

Bairro Nações

– Rua Mônaco – Dano na tubulação de águas pluviais;

– Rua Mirim Doce – Alagamento de residências e via pública;

Bairro Estados

– Rua Coqueiros – Alagamento de residências e via pública;

Bairro Quintino

– Rua Maravilha – queda de muro em residência;

Bairro Capitais

– Avenida Aristiliano Ramos – Alagamento em via pública;

– Rua Rio de Janeiro – Alagamento de residências e via pública, danos em pavimentação da via;

– Rua São Paulo – Danos em pavimentação da via pública;

– Rua Espirito Santo – Dano em pavimentação da via pública;

– Rua Maringá – Alagamento de residências e via pública, danos em pavimentação da via;

– Rua Olinda – Alagamento de residências e via pública;

Bairro Imigrantes

– Rua Espanha – Queda de muro em residência;

Bairro Pe. Martinho Stein

– Rua Rodolfo Piske – Alagamento de residências e via pública.

Bairro Tiroleses

– Tifa Hordina – obstrução de rua;

Rio Fortuna

– Estrada Geral – obstrução de rua e desassoreamento.

 

Assessoria de Comunicação

Fotos: Sócrates Prado

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here